.posts recentes

. O enfoque da Esperança

. Festa dos Arcanjos S. Mig...

. A Relva

. Umas quadras aos santos p...

. Serei eu simples momento?

. Santa Sofia

. O espelho do meu caos int...

. Eu e o meio envolvente

. Super Nani

. Jonas e S. Vicente

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Setembro 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

Chover no molhado

Dia 11 de Fevereiro
Nada de S_ ÃO  ou N_IM.
No aborto aponho um NÃO
Porque à Vida digo Sim!!!
 
Vamos todos ser chamados
Para mais um referendo
Pois houve quem não gostasse
Doutro já discipiendo.
Andam muitos que só vendo
Com ar sonso e matreiro
Enganando com vocábulos
A modos de invencioneiro.
Vamos todos responder
Dia 11 de Fevereiro.
 
A conversa é muito simples,
Não tem nada qu’enganar.
Ou somos bichos do mato
Ou temos Vida p’ra dar.
Se queremos muito amar,
Imagem do Serafim,
 Devemos ser conscientes
‘Que já me calhou a mim’:
Foi bom eu poder nascer...
Nada de S_ ÃO  ou N_IM.
 
Tanta vida sem sentido,
Tanta gente maltratada,
Tanta pobreza na rua,
Quanta infância malfadada:
Óh família aniquilada...
Precisas de paz e pão!
Precisas de ajuda firme
No ensino e na pensão.
Para cresceres feliz,
No aborto aponho um NÃO
 
Todos sabem que é vida
Dentro da mãe, a pulsar!
Mas em nome da liberdade
Alguns pretendem matar
E assim querem votar.
Pois não m’enganam a mim
Que tenho outros Valores.
Para chegar a bom fim,
Peço, exijo justiça:
Porque à Vida digo Sim!!!
 
Dia 11 de Fevereiro ,
Porque à Vida digo Sim,
Nada de S_ ÃO  ou N_IM.
No aborto aponho um NÃO
                                                                                   O ‘Caldeira’, de Castelo Branco
música: Esta letra tem uma música mas não a sei colar aqui
publicado por decordovanaturais às 12:59
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds