.posts recentes

. Super Nani

. Jonas e S. Vicente

. Carta aberta

. AdmonicoesDo2ºDomingoDoAd...

. AdmonicoesDo1ºDomingoDoAd...

. AdmonicoesDaSolenidadeDeN...

. AdmonicoesDo33ºDomingoDoT...

. AdmonicoesDo32ºDomingoDoT...

. AdmonicoesDo31ºDomingoDoT...

. AdmonicoesDo30ºDomingoDoT...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Setembro 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

Sexta-feira, 28 de Julho de 2017

AdmonicoesDo17DomingoDoTempoComumAnoA2017

 

 

Estamos em pleno período de férias em que todos somos convidados a descomprimir das apoquentações e inquietações de todos os dias.

Férias constituem um tempo não para futilidades mas para fazer algo diferente, o que não conseguimos fazer durante o resto do ano.

Férias são um tesouro oferecido por Deus. Consolemo-nos pela Sua bondade.

 

1ª leitura: do Primeiro Livro dos Reis                         1Reis 3, 5. 7 – 12

Salomão agiu com prudência e humildade ao pedir ao Senhor para o ensinar a distinguir o bem do mal. Preferiu este conhecimento ao ouro e à prata que corrompem. Deus deu-lhe ambas as coisas.

Seremos nós capazes de pedir para nós o dom do discernimento?

 

2ª leitura: da Epístola aos Romanos                           Rom 8, 28 – 30

São Paulo ensina-nos que a salvação de Deus, embora gratuita e para todos não é uma riqueza ganha sem esforço: É necessário queremos amar o Senhor para sermos chamados e é necessário respondermos afirmativamente para sermos justificados e glorificados para a vida eterna.

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Mateus               Mt 13, 44 – 52

Estas três parábolas falam de tesouros: um que é encontrado, outro procurado e outro ainda fruto de muito esforço.

Para ter cada um é necessário fazer escolhas.

Também no nosso caminho há que discernir entre o que agrada a Deus e o que agrada aos homens.

publicado por decordovanaturais às 23:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Julho de 2017

AdmonicoesDo15ºDomingoDoTempoComumAnoA2017

 

 

Nos Domingos anteriores relembrámos como é necessário seguir Jesus, agarrando com vontade a nossa cruz, e que Deus se revela aos pequeninos de preferência aos sábios.

Hoje vamos ser convidados a acolher a palavra de Deus numa entrega total que nos permita transmiti-La com coragem.

É que a semente quando cai na boa terra dá muito fruto.

 

1ª leitura: do Livro do profeta Isaías                                      Is 55, 10 – 11

 

Tudo quanto o Senhor dá tem um efeito multiplicador.

O profeta lembra que a Palavra de Deus deve ser escutada e transmitida. Não deve ficar calada por quem a recebe.

Peçamos ao Senhor que nos dê esta vontade de O anunciar sem medo.

 

2ª leitura: da Epístola aos Romanos                                       Rom 8, 18 – 23

 

O Cristão é testemunha da esperança no meio em que vive.

Será com alegria que aguardamos a vinda do Senhor, mesmo que neste momento possamos ter dificuldades ou receios, fruto da escravidão do pecado.

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Mateus                           Mt 13, 1 – 23

 

A parábola do Semeador é sobejamente conhecida.

Entendamos a Palavra, não sejamos caminho;

Queiramos ser constantes e fiéis, não sejamos pedregulhos;

Entreguemo-nos com devoção a Deus, não sejamos espinhos;

O Senhor quer-nos como sementes selecionadas para dar muito fruto, sejamos a boa terra em que a Palavra frutifique.

publicado por decordovanaturais às 12:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Julho de 2017

AdmonicoesDo14ºDomingoDoTempoComumAnoA2017

Por vezes pensamos que conhecemos totalmente a Deus e cumprimos escrupulosamente os seus mandamentos mas na verdade tornamo-nos escravos da Lei, picuinhas com o dízimo da hortelã, mas esquecendo o pobre que mora ao nosso lado.

O Senhor quer-nos felizes porque o Seu sacrifício na Paixão serviu para levantar o mundo das malhas do pecado.

Bendigamos sempre o Nome do Senhor nosso Deus e nosso Rei.

 

1ª leitura: do Livro do profeta Zacarias                                                           Zac 9, 9 – 10

Também neste nosso mundo conturbado em que tanto se fala de guerras, revoluções e atentados, o profeta traz uma palavra de esperança que nos remete para a Paz, fruto da humildade e não da ganância.

 

2ª leitura: da Epístola aos Romanos                                                           Rom 8, 9. 11 – 13

S. Paulo sente que não somos apenas corpóreos e terrenos mas aspiramos à eternidade pelo que nos convida a destruir em nós o desejo do pecado.

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Mateus                                                           Mt 11, 25 -30

Jesus convida-nos a segui-Lo, tanto mais que nos conduz com um jugo suave e porque é leve a Sua carga.

Se formos simples e humildes tornamo-nos nestes pequeninos a quem Deus se quer revelar.

publicado por decordovanaturais às 15:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Julho de 2017

AdmonicoesDo13ºDomingoDoTempoComumAnoA2017

 

As leituras deste Domingo convocam-nos numa dinâmica de acolhimento e de hospitalidade.

Num tempo em que tanto se fala de refugiados, acolher o outro que passa por nós é uma exigência de fé, convidando a que saiamos do nosso espaço de conforto para mais nos abrirmos aos desafios do Senhor que nos dará a verdadeira recompensa.

Mas não são só os estrangeiros que precisam de ser acolhidos. Tanta gente à nossa volta anda como que perdida e sente-se necessitada de ajuda. Ajudemo-las a cantarmos juntos as misericórdias do Senhor.

 

1ª leitura: do Segundo Livro dos Reis                        2Reis 4, 8- 11. 14- 16ª

Estar aberto às necessidades daquele que está ao nosso lado e tentar dar a resposta adequada é essencial hoje como era no tempo do profeta Eliseu.

Deus recompensa sempre quanto oferecemos com amor.

 

2ª leitura: da Epístola aos Romanos                           Rom 6, 3- 4. 8- 11

No baptismo, o emergir da água lembra a ressurreição de Jesus que venceu a morte.

É um convite a fugirmos do pecado para ganharmos a verdadeira vida.

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Mateus               Mt 10, 37- 42

Esta passagem do Evangelho, embora com palavras duras, mostra-nos a riqueza grande do amor de Deus, mais valioso que as muitas amizades interesseiras que cultivamos na vida social.

Será com a medida do nosso amor aos outros que seremos recompensados pelo Senhor.

publicado por decordovanaturais às 12:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds