Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

decordovanaturais

decordovanaturais

 

Nas leituras deste Domingo vamo-nos aperceber de que apesar da nossa iniquidade o Senhor atende ao nosso arrependimento e manifesta a Sua Misericórdia perdoando com muito amor e alegria.

Tal como o filho pródigo, e tomando consciência de que errámos, devemos decidir partir e ir ter com o Pai. Esta atitude é sinal de Esperança.

Também nós somos convidados a reencontrar aqueles que se afastaram e a alegrarmo-nos com isso. Peçamos a Deus essa capacidade pois humanamente o ostracismo e o ódio aparecem com mais facilidade.

O ir à procura, o rezar por quem anda perdido, é sinal de Fé e de Caridade.

 

1ª leitura: do Livro do Exodo                                                                                    Ex 32, 7 – 11. 13 - 14

Neste caso concrecto foi Moisés que serviu para aplacar a justa ira do Senhor.

Mas cada um de nós é chamado a orar pelos que andam desviados do caminho certo, e, pelo nosso exemplo, devemos chamá-los à razão.

É esse o nosso papel de mediador, de profeta e de missionário.

 

 

2ª leitura: da 1ª Carta de S. Paulo a Timóteo                                                                          1 Tim 1, 12 - 17

Com humildade Paulo lembra que também ele era pecador mas, pelo arrependimento, mudou de vida e tornou-se um exemplo para os que vieram a acreditar em Cristo Jesus.

É na nossa fraqueza que se pode manifestar a força do Salvador.

 

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Lucas                                                                            Lc 15, 1 - 32

Jesus aproveita a murmuração dos escribas e dos fariseus para dar uma catequese sobre a misericórdia de Deus.

Tantas vezes seremos nós esta ovelha perdida no deserto do mundo que é carregada aos ombros do bom pastor…

Mostramos nós alegria junto daqueles que voltam ao redil de Cristo?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.