Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

decordovanaturais

decordovanaturais

 

“Enviai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a face da terra”.

É este o grito de júbilo que a Igreja proclama hoje explanando a grandeza de Deus.

Ora não é a carne nem o sangue que nos incentivam a dar este canto de glória mas é já o Espírito Santo que Jesus nos tinha prometido.

Ele nos santifica e conduz, na medida em que O aceitarmos.

 

 

1ª leitura: dos Actos dos Apóstolos                                                               Act 2, 1 - 11

“Um rumor semelhante a forte rajada de vento encheu a casa”.

É impressionante como a manifestação do Espírito Santo congrega toda a gente de boa vontade para proclamar as maravilhas de Deus.

Abrimos nós o coração para escutar este convite?

 

 

2ª leitura: da 1ª Carta de S. Paulo aos Coríntios                                      1 Cor 12, 3b – 7. 12 - 13

  1. Paulo vem lembrar que não é pela nossa inteligência que reconhecemos Jesus como Senhor mas pela acção do Espírito Santo que distribui os Seus dons espirituais de modo a que todos participemos, de pleno direito, na Sua Igreja.

 

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. João                                                      Jo 20, 19 -23

É com todo o amor que Jesus entrega o Espírito Santo aos Apóstolos e lhes dá o poder de perdoar os pecados.

Compreendemos nós a importância deste sacramento em que o sacerdote nos dá a Paz em nome de Jesus?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.