.posts recentes

. O enfoque da Esperança

. Festa dos Arcanjos S. Mig...

. A Relva

. Umas quadras aos santos p...

. Serei eu simples momento?

. Santa Sofia

. O espelho do meu caos int...

. Eu e o meio envolvente

. Super Nani

. Jonas e S. Vicente

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Setembro 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

Sábado, 28 de Janeiro de 2017

AdmonicoesDo4ºDomingoDoTempoComum-AnoA2017

 

Continuamos a descobrir a vantagem de fazer parte do Reino de Deus.

Hoje, de um modo especial, o Senhor quer-nos comunicar quem são os ‘nobres’ deste reino e verificamos que o Seu critério é bem diferente das razões utilizadas pelos senhores da terra: Para Ele são os pobres em espírito, os que se sentem fracos e impotentes, os que não são auto-suficientes, quem terá direito de cidadania.

 

 

1ª leitura: da Profecia de Sofonias                                                        Sof 2, 3; 3, 12 - 13

Só aqueles que aceitam obedecer ao Senhor e procuram a Sua Justiça deverão ter direito a viver neste paraíso de paz.

Não nos julgamos nós, tantas vezes, superiores a estas ‘fraquezas’ como que prescindindo de Deus?

 

 

2ª leitura: Início da 1ª Epístola de S. Paulo aos Coríntios                         1 Cor 1, 26- 31

Não é pela ciência, pelo poder, ou pela árvore genealógica, que Deus escolhe aqueles que quer como Filhos.

Seguindo o chamamento de Jesus compreendemos como somos transformados e começaremos a glorificar o Senhor de verdade.

 

 

3ª leitura: do Evangelho segundo S. Mateus                                                       Mt 5, 1 – 12ª

Temos hoje no evangelho uma das passagens mais belas e significativas do ensinamento de Jesus: as Bem- aventuranças.

A felicidade verdadeira é irmã gémea da humildade. Quanto mais despojados nos sentirmos perante a grandeza de Deus mais ricos seremos da Sua Graça.

Escutemos com muita atenção.

publicado por decordovanaturais às 12:38
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds