.posts recentes

. O enfoque da Esperança

. Festa dos Arcanjos S. Mig...

. A Relva

. Umas quadras aos santos p...

. Serei eu simples momento?

. Santa Sofia

. O espelho do meu caos int...

. Eu e o meio envolvente

. Super Nani

. Jonas e S. Vicente

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Setembro 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

Segunda-feira, 30 de Setembro de 2019

Festa dos Arcanjos S. Miguel, S. Gabriel e S. Rafael

Festa dos Arcanjos S. Miguel, S. Gabriel e S. Rafael

 

Tendo ontem a Igreja celebrado a festa dos Arcanjos, bom será que foquemos um pouco na importância destas criaturas na nossa vida. E com S. Jerónimo aprendamos a perscrutar as Escrituras.

A palavra Anjo não designa uma natureza mas uma função, um ofício – mensageiro ou representante de Deus. No §332 o Catecismo da Igreja Católica diz:” Ei-los, desde a criação e ao longo de toda a história de salvação, anunciando de longe ou de perto esta mesma salvação, e postos ao serviço do plano divino da sua realização: eles fecham o paraíso terrestre, protegem Lot, salvam Agar e seu filho, detêm a mão de Abraão; pelo seu ministério é comunicada a Lei, são eles que conduzem o povo de Deus, eles que anunciam nascimentos e vocações, eles que assistem os profetas…”

= Tem anjos voando neste lugar=

Proponho então que nos fixemos em 5 passagens das Escrituras onde se realça a importância destes Servos de Deus na vida dos homens. Peçamos ao Espírito Santo que nos abra o coração pª entendermos mais esta graça protectora.

1º Momento: “ Então disseram aqueles homens a Lot: Tens alguém mais aqui? Teu genro, e teus filhos, e tuas filhas, e todos quantos tens nesta cidade, tira-os fora daqui; Porque nós vamos destruir este lugar, pois o seu clamor tem aumentado diante da face do Senhor, e o Senhor nos enviou a destruí-lo.

Então Lot saiu, e falou a seus genros, aos que haviam de tomar as suas filhas, e disse: Levantai-vos, saí deste lugar, porque o Senhor há-de destruir a cidade. Foi tido porém por zombador aos olhos de seus genros. E ao amanhecer os anjos apertaram com Lot, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas que aqui estão, para que não pereças na injustiça desta cidade. Ele, porém, demorava-se, e aqueles homens pegaram-lhe pela mão, e pela mão de sua mulher e de suas duas filhas, sendo-lhe o Senhor misericordioso, e tiraram-no, e puseram-no fora da cidade. E aconteceu que, tirando-os fora, disse: Escapa-te por tua vida; não olhes para trás de ti, e não pares em toda esta campina; foge para o monte, para que não pereças. E Lot disse-lhe: Não, Senhor, peço-te! Achei graça aos teus olhos, pois demonstrastes a tua imensa generosidade para comigo, conservando-me a vida; mas eu não posso fugir até ao monte, pois a destruição atingir-me-á antes. Há uma pequena cidade perto daqui, para a qual poderei fugir. Permite que eu vá para lá… e é pequena…; E disse-lhe: Concedo-te ainda este favor de não destruir aquela cidade, de que falaste; Apressa-te, escapa-te para ali; porque nada poderei fazer, enquanto não tiveres lá chegado. Por isso deram àquela cidade o nome da Çoar.( Genesis 19:12-22)

 

=a Misericórdia prevalece sobre a Justiça=

 

Lembramo-nos da intercessão que entretanto Abraão teve com o Senhor para não destruir a cidade por causa dos justos que lá habitavam. 50 – 45 – 40 – 30 – 20 - 10 E sempre a resposta foi: não destruirei a cidade em atenção a esses justos… Mas não os havia… Só Lot, sua Mulher e suas Filhas, por isso os anjos os retiraram antes da destruição.

Rezemos pelos refugiados e pelas vítimas das opressões do mundo. Agradeçamos ao Senhor pela proximidade que tem para connosco, aceitando os nossos pedidos e pela misericórdia que manifesta e suplanta a justiça.

1º mistério

 

2º Momento: “Tendo ficado só, alguém lutou com Jacob até ao romper da aurora. Vendo que não poderia vencê-lo, comprimiu a articulação do quadril de Jacob e a coxa se deslocou enquanto lutava com ele.  “Deixa-me ir, disse-lhe ele, pois está amanhecendo!”.

Jacob, porém, respondeu: “Não te deixarei ir enquanto não me abençoares”. “Qual é teu nome?”, perguntou-lhe. “Jacob”, respondeu ele. “Teu nome não será mais Jacob, replicou-lhe, mas Israel, porque combateste contra um ser celeste e permaneceste forte”. “Por favor, diga-me qual é seu nome”, disse Jacob. “Porque perguntas o meu nome?”, respondeu ele. E então abençoou-o.

Jacob chamou àquele lugar Peniel, “porque vi um ser divino face a face e conservei a vida”. O sol estava nascendo quando Jacob partiu de Peniel, mancando por causa do quadril deslocado.  (Gn 32, 24 -31)

 

 

Nas horas difíceis também nós muitas vezes temos vontade de lutar com Deus, umas vezes por causa dos nossos medos, dúvidas ou anseios e outras por não querermos escutar o que o Senhor nos diz. Jacob mudou de nome porque permaneceu firme; tantas vezes que nós desistimos ao primeiro problema.

Rezemos pela Vocações, de um modo especial, por aquelas que estão em risco de se perderem.

=2º mistério=

 

 

 

3º Momento: “1Quando terminou a festa de casamento, Tobite chamou Tobias e disse: «Filho, não te esqueças de pagar ao homem que foi contigo. Além do que tínhamos combinado, vamos dar-lhe uma gratificação.» 2Tobias respondeu: «Pai, quanto é que devo pagar? Mesmo que lhe desse metade de tudo o que trouxe, eu não perderia nada. 3Ele trouxe-me de volta para casa são e salvo, curou a minha mulher; ajudou-me a trazer o dinheiro e ainda por cima te curou. Que posso eu dar-lhe como gratificação?»  4Tobite disse: «Meu filho, ele merece metade de tudo o que vocês trouxeram.» 5 Tobias chamou então Rafael e disse: «Aceita como pagamento metade de tudo o que trouxemos e vai em paz.» 6 Então Rafael chamou os dois e falou com eles em particular: «Louvem a Deus e, na presença de todos, contem todas as coisas boas que Deus fez por vós, a fim de que todos agradeçam a Deus e louvem o seu nome. Honrem a Deus e digam a todos o que ele tem feito. Nunca deixem de o louvar. 7É bom que os segredos do rei sejam guardados, mas o que Deus fez deve ser anunciado abertamente. Façam o que é bom e não sofrerão nenhum mal. 8Orar com sinceridade, dar esmolas e viver uma vida correcta é melhor do que ficar rico desonestamente. É melhor dar esmolas do que juntar riquezas. 9Pois quem dá esmolas fica livre da morte, e todos os seus pecados são perdoados. Os que dão esmolas terão uma vida abençoada, 10 mas os que cometem pecados e maldades são os seus próprios inimigos. 11Eu já vos disse que é bom que os segredos do rei sejam guardados, mas que devemos honrar a Deus e declarar abertamente tudo o que ele faz. Agora, portanto, vou contar-vos toda a verdade; não vou esconder nada. 12Tobias, quando tu e Sara oraram, fui eu que levei as vossas orações até à presença gloriosa do Senhor. Fiz a mesma coisa, Tobite, quando tu enterravas os mortos. 13Naquele dia em que, sem pensares duas vezes, te levantaste da mesa, saíste sem comer nada e foste enterrar o morto, Deus enviou-me para te pôr à prova. 14Mas ele enviou-me também para te curar e a Sara, a tua nora. 15Eu sou Rafael, um dos sete anjos que estão ao serviço de Deus, o Senhor, e que têm o direito de entrar na sua presença gloriosa.» 16Tobite e Tobias ficaram assustados e, com muito medo, ajoelharam-se e encostaram o rosto ao chão. 17E Rafael disse: «Não tenham medo; fiquem em paz e deem sempre graças a Deus. 18Eu estive convosco porque ele mandou, e não por minha própria vontade. Portanto, louvem a Deus todos os dias e cantem-lhe hinos de adoração.”(Tob 12, 1 – 18)

= hino de adoração e acção de graças=

 

É linda esta passagem da escritura que relata o que Deus faz com os justos. A única retribuição só pode ser o louvor permanente ao Senhor por tudo quanto faz por nós. Não tenhamos vergonha de proclamar com voz forte e clara as maravilhas do Altíssimo. Algumas vezes somos nós chamados a sermos anjos de outros que caminham connosco. Saibamos responder como Rafael: 18Eu estive convosco porque ele mandou, e não por minha própria vontade. Demos também graças, com muita humildade, por podermos ser estes braços de Deus.

=3º mistério=

 

4º Momento: “26Quando Isabel estava grávida de seis meses, Deus mandou o anjo Gabriel a Nazaré, na província da Galileia, 27para falar com uma virgem chamada Maria que estava noiva de José, descendente do rei David. 28O anjo aproximou-se dela e disse-lhe: «Eu te saúdo, ó cheia de Graça. O Senhor está contigo.» 29Maria ficou perturbada com estas palavras e perguntava a si própria o que queria dizer aquela saudação. 30Então o anjo continuou: «Não tenhas medo, Maria, pois foste abençoada por Deus. 31Ficarás grávida e terás um filho, a quem vais pôr o nome de Jesus. 32Ele será grande e será chamado o Filho do Deus altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado David. 33Governará para sempre os descendentes de Jacob e o seu reinado não terá fim.»

34Maria perguntou então ao anjo: «Como é que isso pode ser, se eu não conheço homem?» 35O anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Deus altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso, o que vai nascer é santo e será chamado Filho de Deus. 36Também a tua parente Isabel vai ter um filho, apesar da sua muita idade. Dizia-se que era estéril, mas já está no sexto mês. 37É que para Deus não há nada impossível.» 38Maria disse então: «Eu sou a serva do Senhor. Cumpra-se em mim a tua palavra.» E o anjo retirou-se.” Lc 1, 26 -38)

= Magnificat=

 

Terá sido esta a notícia mais importante dada aos homens, através de Maria. Mais que uma notícia é um convite que pode, ou não, ser aceite. O Fiat de Maria é também ele um desafio para cada um de nós A imitarmos na confiança posta no Senhor. E, como Ela, absorvamos a alegria e a simplicidade de Maria no seu canto o Magnificat.

 

 

5º Momento: “4No decurso de uma refeição que partilhava com eles, ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem lá o Prometido do Pai, «do qual - disse Ele - me ouvistes falar. 5João baptizava em água, mas, dentro de pouco tempo, vós sereis baptizados no Espírito Santo.»

6Estavam todos reunidos, quando lhe perguntaram: «Senhor, é agora que vais restaurar o Reino de Israel?» 7Respondeu-lhes: «Não vos compete saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou com a sua autoridade. 8Mas ides receber uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo.»

9Dito isto, elevou-se à vista deles e uma nuvem subtraiu-o a seus olhos. 10E como estavam com os olhos fixos no céu, para onde Jesus se afastava, surgiram de repente dois homens vestidos de branco, 11que lhes disseram: «Homens da Galileia, porque estais assim a olhar para o céu? Esse Jesus que vos foi arrebatado para o Céu virá da mesma maneira, como agora o vistes partir para o Céu.»” (Act 1, 4 – 11)

=Não fiqueis tristes=

 

Não fiqueis tristes, Eu vou partir: Eu vou partir, mas voltarei. (2x)

 1. Vou preparar-vos um lugar! Não fiqueis tristes, tende fé!

2. Vou enviar-vos o Espírito, que vos dará toda a verdade.

 3. Sereis as minhas testemunhas, para que todos me conheçam.

4. Anunciai a Boa Nova! Vou para o Pai que me enviou.

 5. Ficarei sempre ao vosso lado: onde estiverdes, Eu estou!

6. Hão-de expulsar-vos das cidades; por minha causa sofrereis.

Uma promessa de Jesus - ides receber uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo, e uma pergunta com resposta - porque estais assim a olhar para o céu? Resta-nos pois, com júbilo, anunciar aos homens que Jesus está Vivo. Maranatáh! Vinde, Senhor Jesus!

publicado por decordovanaturais às 17:14
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds