Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

decordovanaturais

decordovanaturais

 

A questão da eutanásia, que neste momento é tão falada e tão pouco discutida, põe-me a pensar em problemas semelhantes que levam muitos ao suicídio.

Até que ponto eu estarei atento a tantos sinais que algumas pessoas vão dando de que não encontram sentido no seu viver e que desistem?

Como poderei pedir a Deus que me ilumine na tarefa de ajudar essa gente que está perto de mim, talvez no meu círculo de amigos ou de conhecidos, por quem sou também responsável, pois não me posso salvar sozinho? Não será talvez só com palavras mas, sempre, com muita oração, e com o testemunho do meu viver.

Já experienciei casos de pessoas que se matam pelo facto de terem medo de sofrer ao morrer; há outros que por causa de dívidas ou outro género de vergonha dão cabo de si…

A vida é um caminho. Umas vezes largo, cómodo, com belas paisagens, mas outras vezes transforma-se em azinhagas pedregosas ou lamacentas, com toda a série de empecilhos que dificultam o andar, mas o grande perigo é quando o caminho se torna um beco sem saída.

No entanto a grande diferença é se o caminhante vai só ou se eu o consigo acompanhar. Se lhe consigo levar a Luz para que ele veja um sentido, ainda que seja ao fundo do túnel, e encontrar a meta: a Vida com sentido: em Deus!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.